Dina & Pedro, 18 de Abril




É costume dizer-se: "Casamento Molhado, Casamento Abençoado" - o que no caso de ser verdade, deverá ter sido o próprio menino Jesus a fazê-lo no da Dina e do Pedro. Ele foi a nGage com um frio de rachar e com a chuva sempre à espreita, já para não falar no dia 18, que a última vez que me lembro de ver chão seco foi à entrada na casa dos pais da Dina.

Felizmente os noivos foram impecáveis e tudo correu bem. Excepto nas partes em que a Dina tinha ataques de vertigens, isto em pleno Palácio da Pena. Fez-nos subir atolados de material para depois fazermos (a ferros) meia dúzia de imagens :)

A segunda parte da sessão foi nas praias da Costa, o dia estava melhorzinho, mas estava uma ventania...

Fomos de véspera para a Freixianda, para no dia seguinte estarmos fresquinhos e mais uma vez, "fresquinho" é a palavra correcta dado o frio gélido que assolava a região. Acordámos para as fotos e o Pedro ainda nos fez ficar mais um pouco à espera, nada de que não tivéssemos sido avisados, o seu mau acordar é conhecido por toda a blogosfera!

Após algumas fotos junto da casa dos Pais, seguimos para a Dina e foi aí que percebemos que estávamos a perder muita qualidade em não aproveitar as paisagens locais. Em ritmo acelerado lá fizemos mais umas fotos com o Pedro que compensaram bastante.

Ao contrário do Noivo, a Noiva estava prontíssima e super bem disposta para as fotos! Não conseguimos sair de casa pelas razões já descritas, mas a sessão foi ... ÉPICA! A Dina veio confirmar o que eu já sabia. A "fotogenia" não existe, existe sim, o estar-se à vontade e agir naturalmente em frente à câmara. Isso foi conseguido na perfeição e deve ter sido dos melhores indoors que fizemos.

Lá avançámos debaixo de chuva para a Igreja, onde a Rafy e a Mia (sobrinhas dos noivos), faziam as delícias da plateia. A missa também teve os seus momentos de emoção, com o Pedro a ser lembrado pela sua participação activa na paróquia enquanto jovem.

Deu tempo para 3 ou 4 fotos perto da Igreja e seguimos para Fátima para o complexo turístico D. Nuno. Quase a chegar o Pedro teve de honrar uma brincadeira de amigos e levar a noiva num carrinho de mão nos últimos 200 metros do percurso, uma autêntica tarefa olímpica!

A chuva não mostrava sinais de abrandamento e o tempo e espaço para fotos foi ultra limitado. Felizmente, com este clima, o número de chapéus de chuva era suficientemente grande para encher o frame da minha câmara e com a ajuda dos amigos e primos dos noivos conseguimos fazer uma foto única e que traduz na perfeição o passado dia 18 de Abril.

Destaque ainda para um show de Tango e danças Árabes e para um super mega buffet que não deixou nem os vegetarianos indiferentes. A Andreia foi a primeira a comentar, com um sorriso que lhe rasgava o rosto: "tanta comida!"

nGage Session





Ze Weddingue !













6 comentários:

Carla disse...

Fantásticas! A dos chapéus-de-chuva está genial. É bom saber que se fazem trabalhos fora do cliché habitual.

--
Carla Andrade

Sandra disse...

Olá, já não sei muito bem como cheguei até vós, mas deve ter sido pelo fórum o nosso casamento...
Recebo a vossa NewsLetter, mas só hoje vi ver o vosso blog.
Muitos parabéns, pelo vosso trabalho, está divinal!

Cumprimentos
Sandr C.

Elisabete Miranda disse...

Para além de ter visto trabalhos fotográficos seus de uma qualidade irrepreensível e de uma estética surpreendente, e que tanto fiquei a gostar, vejo agora que também escreve (ou escrevem) muitíssimo bem.

Os meus sinceros parabéns por esta descrição e texto bem redigido.

Se já gostava de vocês (fiquei a conhecer os vossos trabalhos através da Mónica - casamento de 11 de Outubro) agora fiquei totalmente rendida à Arte Photos.

Muitos parabéns!

Elisabete

Anónimo disse...

Palavras para quê...?

O V/ trabalho, está cada vez mais inovador e criativo...

Eu fiquei sempre de "boca aberta"... porque vejo todos os trabalhos e todos eles são ÚNICOS!

Continuem em força!

Só tenho pena que não possam trabalhar comigo... =`(

Beijinhos =)

Sónia, Carol & Hélder

Cátia Oliveira disse...

Belissimas....;)

Célia disse...

Divinal... para quem conhece os noivos, conseguiu-se captar perfeitamente o espírito deles - é fabuloso ver isso em fotos! Não sei qual é que gosto mais. Fica a reclamação: e uma foto da Rafi e da Mia?... :) Parabéns e obrigada por ter registado um dia tão especial de forma tão especial.