Hélder & Julieta, 5 de Setembro




O dia 5 de Setembro começou bem cedo no Hotel Made Inn em Portimão. Um espaço novo, com bom aspecto e com um ar muito fresco. A Andreia adorou a decoração e até sacou umas ideias que fariam inveja ao "Querido Mudei a Casa", a única diferença é que no nosso T0 não há muito para se mudar :)

De seguida o GPS deu-nos as indicações para casa da irmã do Hélder, não sem antes nos mandar para a Quinta me Monchique, é que a Julieta fez questão de trocar as coordenadas para ficarmos a conhecer tudo bem :)
Já em Estômbar, encontrámos um noivo a médio gás, entre o nervoso e o tranquilo. Afinal, não era um dia normal, mas também não era o fim do mundo. Após algumas fotos pelas divisões interiores fomos dar uma volta a um campo de Golf. Estava tanto calor que era complicado respirar.

Lá fomos ter com a Juli, que ainda não estava maquiada, mas que também não nos deixou muito tempo à espera. Conhecemos os simpáticos pais da Julieta e tive conhecimento de que a noiva é de descendência Argentina, eu que sou um fã incondicional de Diego Armando Maradona!
Após alguma conturbação inicial, enquanto discuti ferozmente com o suporte da televisão do quarto e depois de sanada esta situação, lá demos lugar a uma sessão bem catita. Arriscámos também na rua, mas junto ao rio, onde estava mais fresco.

A cerimónia foi no Parque da Mina em Monchique e foi MUITO emotiva, não é Hélder? =)
Houve discursos, poemas, lágrimas e sorrisos, mas acima de tudo, mensagens sinceras para um futuro feliz.

De seguida, algumas fotos com os convidados, com os noivos e com as damas de honor! Conhecemos a Clara e os seus belos olhos azuis, uma menina de 8 anos mas que "parece que são 10, não é?!", como ela mesma faz questão de sublinhar.

As dedicatórias foram mais que muitas, sendo que havia sempre alguém disposto a dizer alguma coisa para os noivos. O slideshow preparado pela Juli trouxe mais do mesmo, não foi Hélder? =)

A festa continuou rija e muito divertida e "para mais tarde recordar" os amigos dos noivos deixaram mensagens e histórias bem ... constrangedoras :)

Resta-me agradecer ao Ricardo que foi uma enorme ajuda e ao Vítor, que fez um sacrifício enorme para estar connosco até final, um grande bem haja ao dois :)











1 comentário:

Julieta disse...

Bem.. sabem quando sentimos algo tão intensamente que não conseguimos falar? Eu nem consigo descrever este dia... foi lindo tal como esperávamos que fosse...

Bruno, as vossas fotos estão a ter imenso sucesso eheh e bem merecido.. ainda por cima a trabalhar ao sol com uns míseros 37 graus, às cabeçadas com a televisão lol... o mérito é todo vosso!

Espero que nos façam uma visita quando regressarem ao Algarve ;)

Obrigada por tudo! beijinhos Juli


ps: Agradece imensamente ao Vítor a disponibilidade e o esforço que ele fez...