Emanuele & Romana, 27 de Junho




O Emanuele e a Romana foram uns pioneiros! Estando na Irlanda e não prevendo uma visita a Portugal dentro de alguns meses, sugeriram um encontro virtual! É verdade, gostamos de andar no topo da tecnologia (embora ainda não tenhamos twitter, o que nos tira o título de "geek") e fizemos uma vídeo-conferência.

Foi um pouco estranho, confesso, para além de que se ouvia muito mal. Por outro lado, a boa onda deles transmitiu-me muita confiança e simpatizei particularmente com as pantufas da Romana, pelo que a partir daqui, foi difícil não gostar deles :)

No dia 27 a coisa prometia, um Italiano muito à vontade, uma casa ultra-mega bem iluminada, uma estação de comboios e uma cerâmica abandonada. O Emanuele esteve em grande e os locais, muito distintos, ajudaram a uma excelente sessão, recheada de boa disposição e piadas sobre o Berlusconi.

Chegámos à casa dos pais da noiva e nada, comecei logo a temer o pior, em virtude da experiência da véspera, mas foi falso alarme, 10 minutos depois chegou uma descontraída Romana, pronta para as fotos. Se a sessão do Emanuele foi excelente, a da Romana ... foi épica! Os cenários foram basicamente os mesmos, com 5 minutos a pé a separar as duas casas em Outeiro da Cabeça (perto de Torres Vedras) e sem mais opções, a estação de comboios e a cerâmica voltaram a merecer o voto e não desapontaram!

Seguimos caminho para Torres Vedras, para a cerimónia religiosa que decorreu dentro da normalidade. À saída o tempo estava muito estranho, vento forte, muitas nuvens e um "highlight/shade" muito chato que nos estava sempre a cortar o ritmo, sem grandes condições para continuarmos ali, seguimos para a Quinta de S. Miguel da Corujeira.

Hora de fotos com convidados e mais algum tempo com o nosso casal do dia deu para concluir o que tinha ficado para trás em Torres.

Foi tempo de refeição e em casamento multicultural com pelo menos, Irlandeses, Italianos e Polacos, todos disseram bem da nossa gastronomia.
A animação (ou grande parte dela) esteve a cabo de amigos, que iam tocando êxitos de U2, Placebo ou Portishead, só para citar alguns. O Emanuele também deu uma ajuda na guitarra e posso dizer que o ambiente era muito bom. Terminámos com um já típico slideshow, com fotos dos noivos.

Aos noivos e também à família Siracusa, da Sicília (não vá eu precisar de uns amigos um dia destes :) deixo uma palavra de amizade, foi um enorme prazer ter-vos conhecido e de ter trabalhado convosco.











5 comentários:

Lydia disse...

Uau! Mais uma vez: fotos fantásticas. Os locais foram excepcionais, os noivos tiveram atitude e a Arte Photos não deixa de nos surpreender com fotos magníficas.
Parabéns!

Nadine disse...

Parabéns pelo trabalho, adorei!
Sempre que alguém me pedir opinião de quem contratar para fotografar o casamento, direi: "a equipa que foi ao casamento da Romana e Emanuele" :)

Peço desculpa pelos 10 min de atraso da Romana, foi culpa minha :-/
(sei o nervoso que dá, ás pessoas que estão a trab, por saber que a noiva ainda está na cabeleireira, lol).

Bom Trabalho!

Lounge Fotografia disse...

Grandes fotos! Boa escolha de locais e bom aproveitamento luz/lentes/ambiente :)

Romana disse...

Houve muito mais nacionalidades representadas no casamento - Franca, Estonia and so on :)
Mais uma vez muito obrigada por tudo! Gostamos muito de vos conhecer e adoramos o vosso trabalho! Conseguiram impressionar todas as nacionalidades!

Emanuele disse...

Bruno, Andreia e Alex, muito muito obrigado pelo excelente trabalho que fizeram conosco.

Obrigado por serem tao amigaveis e tao porreiros: foi muito facil sentir-me a vontade convosco, embora nao esteja abituado a trabalhar como modelo no meu dia a dia (lol)

...e com certeza, como a Nadine, sempre que alguem me pedir opiniao, a resposta vai ser "ArtePhotos"!